Me perdi de mim…
Quando deixei de fazer algo por medo.
Me perdi de mim…
Quando idealizei um projeto e não o fiz por julgamentos alheios.
Me perdi de mim….
Quando amei absurdamente a ponto de esquecer quem sou eu.
Me perdi de mim….
Quando dei o poder da minha existência nas mãos de outra divindade, além de mim mesmo.
Me perdi de mim…
Quando vi coisas que não me agradavam e me calei por medo da rejeição.
Me perdi de mim….
Quando olhei mais para o outro do que para mim.
Me perdi de mim….
Quando deixei de dizer não, e disse sim por pura falta de estrutura emocional de fazer o que achava que era certo.
Me perdi de mim….
Quando resolvi viver para agradar e esquecer do que me agradava
Me perdi de mim…
Quando me entreguei pra vida, sem olhar para mim
Sem me amar
Sem me cuidar
Me perdi de mim…
Quando achei que o outro tinha que fazer por mim, o que é minha responsabilidade.
Foi de tanto me perder….
Que descobri que o caminho da vida está dentro de mim.
Andréia Benite

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e céu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: